Conheça os nossos oradores

Francisco José Viegas
Escritor, jornalista, editor e autor de programas de TV


Teresa Calçada
Especialista em Leitura e Bibliotecas


Paula Cusati
Mediadora de Leitura e formadora acreditada


Bruno Eiras
Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras


Francisco José Viegas nasceu em 1962. Professor, jornalista e editor, é responsável pela revista LER e foi também diretor da revista Grande Reportagem e da Casa Fernando Pessoa.

De junho de 2011 a outubro de 2012 exerceu o cargo de secretário de Estado da Cultura do XIX Governo Constitucional.

Colaborou em vários jornais e revistas, e foi autor de vários programas na rádio (Antena Um) e televisão (Livro Aberto, Escrita em Dia, Ler para Crer, Primeira Página, Avenida Brasil, Prazeres, Um Café no Majestic, Nada de Cultura).


Da sua obra destacam-se livros de poesia (Metade da Vida, O Puro e o Impuro, Se Me Comovesse o Amor) e os romances Regresso por um Rio, Crime em Ponta Delgada, Morte no Estádio, As Duas Águas do Mar, Um Céu Demasiado Azul, Um Crime na Exposição, Um Crime Capital, Lourenço Marques, Longe de Manaus (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores, 2005), O Mar em Casablanca e O Colecionador de Erva.

Os seus livros estão publicados em Itália, na Alemanha, no Brasil, em França e na República Checa.



Foto: copyright Rui Rodrigues

Teresa Calçada é licenciada em filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Técnica do Instituto Português do Livro de 1982 a 2007, onde integrou o grupo de trabalho que definiu as bases da política nacional da leitura pública, com vista à criação da Rede de Bibliotecas Municipais (1986/ 1996).

Foi vice-presidente do Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, até 1996, e membro do grupo de trabalho que em 1996 definiu as bases e os princípios orientadores do Programa Rede de Bibliotecas Escolares, tendo sido Coordenadora deste Programa de 1996 até 2013. 

Coordenou o Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares, do Ministério da Educação, e foi Comissária Adjunta do Plano Nacional de Leitura.

Consultora na área da Leitura e das Bibliotecas Escolares. Membro do grupo de trabalho que lançou o Programa Rede de Bibliotecas Escolares, tendo sido Coordenadora deste Programa de 1996 até 2013.

A 10 de Junho de 2006, foi feita Comendadora da Ordem da Instrução Pública.

Fontes:

pt.wikipedia.org;
http://www.rbe20anos.pt/teresa-calcada

Foto: publico.pt

Mediadora de leitura e formadora acreditada pelo CCPFC na área da Promoção da Leitura.

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, possui uma pós-graduação em Livro Infantil.

Trabalhou durante vários anos numa Biblioteca Municipal, onde foi responsável pelas atividades de Animação e Promoção da Leitura, criando diversos projetos para variados públicos.

Foi animadora do projeto Cata Livros (Fundação Gulbenkian) nos concelhos do Litoral Alentejano e Algarve.

Concebe e dinamiza sessões de contos, ateliers e projetos de promoção da leitura.

É mestranda em Promoção da Leitura e Literatura Infantil na Universidade de Castilla-La Mancha.

Nasceu em Lisboa, em 1977. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com Pós-Graduação em Ciências Documentais (Biblioteca e Documentação) pela Universidade Autónoma de Lisboa, onde também está a finalizar dissertação de mestrado na mesma área, sobre “Bibliotecas de Estabelecimentos Prisionais em Portugal.”

É formador na área das Tecnologias de Informação e Comunicação, leitura digital, promoção da leitura e na área da Certificação da Qualidade.

Desde Junho de 2015 integra o grupo de bibliotecários ibero-americanos selecionados para o programa de formação INELI (International Network of Emerging Library Innovators) financiado pela Fundação Bill & Melinda Gates e operacionalizado pela Fundación Germán Sanchéz Ruipérez e pelo Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina y el Caribe (CERLALC).

Atual membro do Conselho Diretivo Nacional da BAD (Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas), desempenhando as funções de Tesoureiro (2010-2013 e 2014-2016). É também Coordenador do Grupo de Trabalho de Bibliotecas Públicas da BAD.

Fonte: BAD

Foto: bad.pt


Helena Araújo
Rede de Bibliotecas Escolares Ministério da Educação


Aurora Simões de Matos
Escritora e Poetisa


Paulo Jorge Izidoro
Coordenador Interconcelhio da RBE


 


Helena Araújo é professora de Português, do quadro de nomeação definitiva do Agrupamento de Escolas de Miraflores, em Oeiras.

É licenciada pela Universidade Clássica de Lisboa, Faculdade de Letras, em Línguas e Literaturas Modernas, Variante de Estudos Portugueses.

Em 2005 foi nomeada coordenadora da Biblioteca. Em 2008 tornou-se coordenadora local da Rede de Bibliotecas Escolares para o concelho de Oeiras e a partir de 2009 Coordenadora Interconcelhia, acompanhando as bibliotecas escolares dos concelhos de Loures, Oeiras e Lisboa. Presentemente, é membro do gabinete coordenador da Rede de Bibliotecas Escolares.


É mestre em “Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares” e formadora de professores na área das Bibliotecas Escolares.


Aurora Simões de Matos é membro da Sociedade Portuguesa de Autores e Membro Académico Honorário da Academia de Letras e Artes Lusófonas.

Estudiosa e defensora das tradições da sua região natal e do xisto que lhe cobre o chão, quer através da escrita ou como palestrante, é considerada uma referência na cultura do Montemuro e beira Paiva.

Foi professora do primeiro ciclo, antes de optar pela Educação Especial. Coordenadora pedagógica a seguir ao 25 de Abril, trabalhou em contexto de sala de aula, como em funções de animadora cultural.

Desde muito jovem, usou a escrita para divulgar as duas grandes temáticas da sua obra:
- Usos e costumes tradicionais da sua região natal.
- O mundo da Mulher, mormente o da rural, na exaltação dos seus valores e na defesa da igualdade de direitos e deveres entre os géneros.
. Colaboradora regular de vários órgãos da imprensa regional escrita e radiofónica, e em diversas antologias e colectâneas.

LIVROS PUBLICADOS
. Poentes de mar e serra (Poesia) - 1997
. Uma Palavra (Poesia) - 2001
. Imagens da beira-Paiva (Crónicas) - 2010
. Contos de Xisto (Contos) - 2012
. A Sobrevivente - Direitos e Deveres da Mulher Rural do século XX (Biografia)- 2014
. Zélia Gattai, a Bem-Amada (Biografia) - 2014
. O Amor é sempre inocente - Homenagem a Judith Teixeira, poetisa silenciada do modernismo português (Biografia em verso) -2017

Autora da Letra do HINO OFICIAL de Castro Daire e fundadora da  "TERTÚLIA ARTES E LETRAS DE LAMEGO".

Autora do blogue: "http://raizdexisto.blogspot.pt/"

Pelo conjunto da sua obra literária, foi premiada com várias distinções, por diversas instituições portuguesas e brasileiras ligadas à Cultura.

Paulo Jorge Izidoro nasceu em Moçambique, em 1968.

Licenciou-se em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra em 1989 e é docente do Ensino Secundário desde 1990.

Exerceu vários cargos em escolas ligados à dinamização de atividades e gestão de instalações.

Foi coordenador de biblioteca escolar entre 2001 e 2006 em Albufeira onde coordenou igualmente um Curso CET nível IV em Documentação e informação (2004 a 2006).

Desempenha atualmente as funções de Coordenador Interconcelhio da RBE, primeiro entre 2006 e 2013 na região do Algarve, e desde 2013 na região Norte.

É formador de docentes nas áreas de Informática e Biblioteconomia.

Possui interesses diversos a nível informático quer na área de biblioteconomia, como o tratamento documental e criação de bibliotecas digitais, quer ao nível da utilização e tradução de software diverso de código aberto.

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save