“Património: onde o passado encontra o futuro”

Ano Europeu do Património Cultural - 2018

Folclore, religiosidades populares, saberes gastronómicos, medicinas naturais, indústrias artesanais e histórias orais

Sensibilizar a comunidade escolar para a história e valores da cultura, promovendo uma cidadania ativa sobre o património cultural lamecense, serão os objetivos principais das sessões levadas a cabo durante a Semana da Leitura 2018, pelo antropólogo João Figueiredo. Versar sobre os temas - Folclore, religiosidades populares, saberes gastronómicos, medicinas naturais, indústrias artesanais e histórias orais - procurando levar os alunos a perceber, quer como Lamego se enquadra no Ano Europeu do Património Cultural, quer os contornos muito peculiares da sua própria herança cultural dúrio-beirã.

Resumo biográfico:

João de Castro Maia Veiga Figueiredo é licenciado em Antropologia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, pós-graduado em Direitos Humanos e Democracia, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, e doutor em Altos estudos em História, ramo Império, Política e Pós-Colonialismo, pela faculdade de Letras da mesma Universidade.

A sua tese de doutoramento, de título Política, Escravatura e Feitiçaria em Angola (seculos XVIII e XIX) foi orientada pelo Prof. Doutor Fernando Catroga, e a sua tese de licenciatura em Antropologia Social e Cultural, Batalha das Flores: a luta de Lamego por um futuro melhor, foi supervisionada pelo Prof. Doutor Nuno Porto.

Autor de vários artigos, em periódicos nacionais e internacionais (Holanda, Brasil), foi palestrante nos principais seminários nacionais dedicadas ao tema da História de África, bem como em inúmeras conferências, tendo apresentado o seu trabalho também em Inglaterra, Dinamarca, Suécia, Itália, Brasil, França e Moçambique.

É investigador integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20-UC), e colaborador do Centro de História da Sociedade e Cultura da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (CHSC-FLUL).

Pertence à Associação Portuguesa de Antropologia e à European Association of Social Anthropologists, sendo sócio da Royal African Society, da African Studies Association do Reino Unido, e ainda da Associazione per gli Studi africani in Italia. 

"Leituras Com (C)alma" é o lema escolhido da edição deste ano da “Semana da Leitura”, a grande festa à volta dos livros que decorre na cidade de Lamego, que visa estimular os hábitos de leitura junto dos jovens. O evento percorre as bibliotecas do concelho, de 23 a 28 de abril, com o objetivo de promover “a criatividade e a originalidade na exploração da palavra como testemunho da diversidade cultural, social, histórica e estética”.
Promovida pela Rede de Bibliotecas de Lamego, com o apoio da Câmara Municipal, a Semana da Leitura” 
desafia as escolas e as bibliotecas a fomentarem o gosto pela leitura. No conjunto de iniciativas a desenvolver, destaca-se a realização de encontros com escritores, conferências, jograis, apresentação de livros, teatro, música, poesia e leituras, com o propósito de celebrar a leitura como uma das práticas mais decisivas para a aquisição de conhecimento. 

ENCONTROS COM ESCRITORES | CONFERÊNCIAS | JOGRAIS | APRESENTAÇÃO DE LIVROS | TEATRO | MÚSICA | POESIA | LEITURAS

PROGRAMA

SEG, 23 ABRIL |
Sessão de abertura
11h00 - Escola Básica de Lamego
Atividade - Educação Pré-Escolar
Clube de leituras divertidas (Jograis)
Atuação da “LaTuna”
Encontro com a escritora Ana Paula Pereira
11h00 - ESCOPAL
15h00 - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego
Património Imaterial de Lamego – João Figueiredo
11h00 - Centro Escolar de Lamego Sudeste (Ferreirim)
Lançamento do livro “Zara e Pirata dos Açores” de Lídia Valadares
21h00 - Auditório Escola Básica de Lamego

TER, 24 ABRIL |
Património Imaterial de Lamego – João Figueiredo
09h30 - Centro Escolar de Lamego N.º 2
11h00 - Escola Básica de Penude
Teatro na Biblioteca - “Ladrão das Letras” e “Aprender com as artes”
10h20 - 11h30 - Escola Básica de Lamego
Encontro com a escritora Marisa Pedrosa
10h20 - Escola Secundária de Latino Coelho
14h30 - Escola de Hotelaria e Turismo do Douro
Partilhas literárias
14h30 - 15h20 - Escola Básica de Lamego

QUI, 26 ABRIL |
Património Imaterial de Lamego – João Figueiredo
10h20 - 11h20 - Escola Básica de Lamego
Encontro com César Carvalho
09h30 - 10h30 - Escola Básica n.º 1 de Lamego (Ed. Pré-Escolar e 1º ano)
11h00 - 12h00 - Escola Básica n.º 1 de Lamego (2.º e 4.º Anos)
Animação de Leitura - Avelino Eira
14h00 - 15h00 - EB 1 de Cambres
Jogos tradicionais em Inglês / LEAR / Travl-línguas
13h30 - 14h20 - Escola Básica de Lamego

SEX, 27 ABRIL |
Lamego, Cidade Poema (Concertos por Vítor Blue, com declamação de poemas por alunos)
10h30 e 14h00 - Teatro Ribeiro Conceição

SÁB, 28 ABRIL |
Conferência “O estado da leitura em Portugal - da edição ao leitor”
16h00 - Teatro Ribeiro Conceição
Concerto Vítor Blue
21h00 - Teatro Ribeiro Conceição

Descarregar CARTAZ

A cidade de Lamego vai ser o ponto de encontro de alguns poetas proeminentes do cenário literário português. A iniciativa "Lamego - Cidade Poema" promete reunir na conferência "O estado da leitura em Portugal - da edição ao leitor" poetas consagrados que se propõem debater a poesia e o estado da arte. O emblemático Teatro Ribeiro Conceição, a mais bela sala de espetáculos da região duriense, acolhe esta conferência, na tarde de 28 de abril, às 16 horas. À conversa estarão José Pedro Leite, Marta Bernardes, André Domingues, Carlos Mota Cardoso, Eduardo Leal, Renato Filipe Cardoso, Virgínia do Carmo, Lídia Borges e Aurora Simões de Matos, com moderação de André Freire. No sábado à noite, a poesia passa o testemunho à música e sobe ao palco o cantor "Vítor Blue".

Organizado pela Câmara Municipal de Lamego - Pelouro da Cultura e pela Rede de Bibliotecas, o projeto "Lamego - Cidade Poema", de características inéditas e originais na região, contempla ainda a realização da iniciativa "Poemas com Melodia". No dia 27, o Teatro Ribeiro Conceição acolhe duas sessões para os jovens alunos de diversos estabelecimentos de ensino. Por entre as melodias poéticas de "Vítor Blue", serão orquestrados alguns poemas da autoria dos alunos. Cada sessão terminará com uma breve palestra do poeta e editor José Pedro Leite.

Integrada na programação da "Semana da Leitura", "Lamego - Cidade Poema" constitui uma das grandes apostas, na vertente literária, do Pelouro da Cultura, de modo a criar um evento de referência no nosso país. 

1º Concurso de Fotografia Digital - Alto Douro Vinhateiro - Património da Humanidade

13 de março a 26 de maio de 2017

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL), promove em parceria com o Município de Lamego, a Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM-Douro), a IEL – Incubadora de Empresas de Lamego, e a Associação de Hotelaria e Turismo do Douro (HTDouro), o 1º Concurso de Fotografia Digital relativo à declaração pela UNESCO de "2017 Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento", no eixo "Valores Culturais, Diversidade e Património".

Sob a égide de temáticas associadas ao turismo da região cujo tema central é Alto Douro Vinhateiro – Património da Humanidade, este concurso pretende associar-se à UNESCO promovendo a atividade de divulgação, promoção e inovação dos produtos turísticos através da captura de fotografias inéditas, identificadoras da região, que enquadrem o turismo nas vertentes da cultura e do património natural e edificado.

Assim, o presente concurso pretende incentivar, motivar e sensibilizar os jovens durienses, para a preservação do património natural e edificado, contribuindo para a sustentabilidade dos produtos turísticos associados, em quatro pilares fundamentais:

a.      Revitalizar as atividades tradicionais e os costumes;

b.      Fortalecer as comunidades e fomentar a sua coesão;

c.      Promover a diversidade cultural;

d.      Aumentar a consciência do valor do património.

Os locais da UNESCO, como os locais do Património Mundial, no qual se insere a região do Alto Douro Vinhateiro (reconhecido pela UNESCO como Património Mundial desde 2001), as Reservas da Biosfera e os Geoparques representam oportunidades incríveis para o turismo e, por isso, devemos assegurar que estes são administrados de forma responsável e sustentável.

O Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento é uma oportunidade para fortalecer a dinâmica positiva entre o património e o turismo. Em 2017, a UNESCO lançará várias iniciativas para apoiar o desenvolvimento do turismo sustentável, com a União Europeia e outros parceiros.

Sendo especialmente dirigido aos jovens durienses, das Escolas Secundárias, Profissionais e Tecnológicas (não superior) da Sub-região do Douro, sob a área de influência da Comunidade Intermunicipal do Douro, é extensível a alunos de outras escolas do mesmo nível de escolaridade de fora da CIM-Douro, desde que retratem o Douro – Património da Humanidade, de acordo com os requisitos definidos no regulamento.

O concurso decorrerá de Março a Maio de 2017, e envolve duas categorias:

a) Património Natural

b) Património Edificado

Os prémios monetários são atribuídos pelo Município de Lamego e pela CIM-Douro, sendo a sua entrega realizada na sessão de encerramento do Ano Letivo da ESTGL, em data a definir brevemente.

O link do evento pode ser acedido em:

http://www.tourism4development2017.org/events/digital-photography-competition/

O regulamento encontra-se disponível na página da ESTGL, em:

http://www.estgl.ipv.pt/docs_16_17/concurso%20fotografia/ESTGL_Regulamento_concurso_fotografia%202016-17.pdf

Informações adicionais podem ser solicitadas através do e e-mail para submissão: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.